18 julho 2011

Água em Pequenos Jardins ou Terraços

"A água tem um encanto mágico, atraindo a luz, o som e o movimento a um jardim pequeno. A água parada reflecte cores e formas, enquanto as cascatas e as fontes dançam com o brilho da luz do Sol. A água também atrai uma variedade de vida animal, oferecendo às rãs, aos sapos e aos tritões um lugar para viverem, e aos pássaros um local para se banharem. Os peixes adicionam cor e movimento, enquanto as libelinhas e outros insectos irão executar bailados aéreos à superfície."



Mesmo para quem tem um pequeno jardim ou apenas um terraço ou varanda, pode desfrutar do elemento água, assim como das diversas espécies de plantas aquáticas e semi-aquáticas.

Antes de construir qualquer instalação com água, é preciso ter em consideração o tamanho e custo para nos certificar-mos que é correcta para o nosso jardim e para o nosso orçamento. Mesmo os jardins mais pequenos poderão acolher grandes formas como um riacho ou uma cascata, apesar de que um lago com proporções mais limitas adequar-se-ia melhor a um local mais pequeno ou a parte de um esquema maior.

Criando diferentes ambientes tais como Natural, Formal, Modernista, Contemporâneo ou até Rústico,  o elemento água pode surgir do jardim de diversas formas: Cascatas naturais, praia de seixos, lagos plantados, caminhos de pedras, refúgios de vida selvagem, lagos elevados, pátios, fontes, muros de água, espelhos de agua ou superfícies reflexas, tanque rústico, globos de pedra, bicas contemporâneas, a típica cabeça de leão (fonte), louças recicladas (ex. banheira), madeiras recicladas, fontes auto-suficientes, canais, entre outros. 
Em seguida são apresentados alguns dos exemplos referidos.








TIPOS DE VEGETAÇÃO AQUÁTICA

VASCULARES RADICULARES
Esta subclasse inclui habitats com a vegetação dominada por espécies vasculares enraizadas no substrato. Nos sistemas Fluvial, Lacustre e Palustre as plantas vasculares radiculares ocorrem em diversas profundidades em águas paradas ou movimentadas. Por exemplo: Iris pseudacorus; Calla palustris; Equisetum sp.; Typha angustifolia.

FOLHAS FLUTUANTES
Esta subclasse inclui habitats com a vegetação dominada por espécies vasculares submersas em que as folhas se encontram, total ou parcialmente, à superfície. Por exemplo: Nymphaea sp.; Nuphar lutea; Nymphoides peltata; Aponogeton distachyos.

VASCULARES FLUTUANTES
Inclui habitats com a vegetação dominada por espécies que flutuam livremente na água ou à sua superfície. A cobertura desta vegetação é superior a 30%. As populações destas plantas podem ser movimentadas pela acção do vento ou das correntes. (Estas plantas têm, por norma, características invasoras no nosso País). Por exemplo: Eicchornia crassipes; Pistia stratiotes; Lemna sp.

LISTA DE PLANTAS AQUÁTICAS AQUI


Para quem estiver interessado em construir um lago num barril rústico, num recipiente, um canteiro aquático elevado, um lago florido ou até mesmo uma pequena cascata recomendo este livro:


No final trás uma lista de espécies de plantas aquáticas e semi-aquáticas, assim como também auxilia na manutenção de espaços aquáticos.

Sem comentários:

Enviar um comentário